Moradia Beloura

ARQUITECTURA

Sintra, Portugal


A proposta cria uma identidade, destacando-se do conjunto de edifícios existentes. O conceito baseia-se em estabelecer uma relação entre o edifício e a lezíria, criando relações permanentes entre o interior a projectar e o exterior, tirando o melhor partido da sua posição e localização. A solução de A moradia unifamiliar insere-se num lote de gaveto, localizado numa zona com relação privilegiada sobre a Serra. O conceito desenvolve-se partindo da relação que se estabelece entre o objecto criado, o interior do lote e a relação com o lugar. Os volumes assumem uma linguagem simples, “fechando-se” aos arruamentos envolventes e “abrindo-se” para o interior do lote com relação directa com a área de lazer e de piscina que envolve a moradia. Pretende-se um volume arquitectónico que transmita a noção de “sobreposição” de “suspensão” de “gravidade” com uma linguagem arquitectónica simples e geradora de uma identidade própria para o local.